Histórico

A Bayer tem uma história de envolvimento no controle de vetores e doenças transmitidas por vetores, que alcança mais de 60 anos.

Das primeiras descobertas de cloroquina Resoquina em 1934 até a liderança no desenvolvimento de inseticidas carbamatos e piretróides e a parceria com instituições, como o Consórcio Inovador de Controle de Vetores, a Bayer vem contribuindo ativamente ao longo da história na luta contra doenças transmitidas por vetores.

 

Linha do Tempo: Principais Atividades e Contribuições para a Gestão de Doenças Transmitidas por Vetores


Década de 1960 e início dos anos 1970: 

Desenvolveu e introduziu inseticidas carbamatos como importantes alternativas ao DDT durante as campanhas de controle da malária nessa época. Uma dessas alternativas, o bendiocarbe, ainda é uma importante ferramenta para o controle de vetores da malária resistentes a inseticidas hoje.

 

Início a meados da década de 1980:

Desenvolveu e introduziu alguns dos primeiros inseticidas piretróides (por exemplo, ciflutrina e deltametrina), que mais tarde se tornariam fundamentais para uso em mosquiteiros tratados com inseticida.

Final dos anos 1990

  • Desenvolveu formulações específicas adequadas para o tratamento de mosquiteiros (K-Othrine SC e mais tarde K-O Tab)
  • Desenvolveu formulações à base de água especializadas de piretróides para aplicação de pulverização de ambientes com base na Tecnologia FFAST (Aqua K-Othrine e Aqua Reslin Super), reduzindo a dependência de diluentes à base de hidrocarbonetos.

 

Início dos anos 2000

  • Desenvolveu novas formulações para a pulverização residual de interiores, com base em deltametrina (K-Othrine WG)
  • Investiu em defesa da regulamentação do bendiocarbe para manter sua disponibilidade para IRS contra vetores da malária; trabalhou em parceria com fabricantes de mosquiteiros para ajudar com o desenvolvimento de tecnologia para o tratamento de tecidos com deltametrina da Bayer.

 

2005 até o momento

  • As recomendações do WHOPES [World Health Organisation Pesticides Evaluation Scheme (Esquema de Avaliação de Pesticidas da Organização Mundial da Saúde)] para a família Aqua de inseticidas de pulverização de ambientes, K-O Tab 1-2-3 (um tratamento mais duradouro de mosquiteiros em campo)
  • Acordos estabelecidos com o IVCC para o desenvolvimento de novos inseticidas para Saúde Pública e formulações novas e mais econômicas de compostos existentes
  • Cumprimento da recomendação do WHOPES para uma formulação nova, com reforço de polímeros de deltametrina (K-Othrine PolyZone), criada a partir da colaboração com o IVCC
  • Investimento em instalações de produção na África para a produção de Ficam e K-Othrine WG para programas locais de IRS
  • Entre 2006 e 2015, aumento do investimento no desenvolvimento de produtos para o controle de vetores em quase cinco vezes
  • No final de 2015, submissão da primeira mistura inseticida bidirecional para IRS para apreciação do WHOPES.
  • Em abril de 2018, as maiores empresas da indústria agrícola mundial (BASF, Bayer, Mitsui Chemicals, Sumitomo Chemical e Syngenta) reuniram-se na Conferência da Malária realizada durante o Encontro dos Chefes de Governo da Commonwealth (Commonwealth Heads of Government Meeting, CHOGM) em Londres.
  • Foi assinada uma declaração formalizando a colaboração no trabalho conjunto de inovadores em prol do avanço da luta contra a malária, reafirmando seu compromisso de apoiar a pesquisa, o desenvolvimento e o fornecimento de soluções inovadoras de controle do vetores.
  • A Bayer reconhece que o desafio de erradicar a malária é absolutamente imenso e disseminado para uma entidade apenas, mas grandes conquistas podem acontecer quando líderes comprometidos da indústria, das instituições acadêmicas, do setor público e de organizações não governamentais se unem estrategicamente por trás de um objetivo comum.
  • De fato, muitas das maiores empresas mundiais do setor de agricultura tiveram papel fundamental nos avanços para erradicar a malária ao longo da última geração. Juntos, os signatários da declaração representam uma riqueza de recursos e conhecimentos da indústria, reunidos e apoiados por organizações de liderança e prestígio. 
  • Para a Bayer, como empresa líder nas áreas de saúde e agricultura, ser uma signatária da declaração é ao mesmo tempo uma honra e uma responsabilidade.