Abril de 2021

Dia Mundial da Malária 2021: Na linha de frente do combate à doença nas regiões mais vulneráveis do mundo

A Bayer formou parcerias com o projeto Nothing But Nets, da Fundação das Nações Unidas, e com a ONG MENTOR Initiative para proteger cerca de 400.000 pessoas deslocadas internamente em três campos no Estado de Borno, no nordeste da Nigéria.

Print page

O Estado de Borno, no nordeste da Nigéria, protagoniza uma das crises humanitárias mais duradouras do mundo. Na última década, o conflito causado pela milícia Boko Haram deslocou mais de dois milhões de pessoas, e cerca de sete milhões de pessoas nesta região vasta e remota precisam de assistência humanitária urgente.

Hospedagem improvisada, superlotação, condições de vida insalubres e desnutrição geraram um surto de doenças infecciosas. Mas a ameaça mais mortal é, de longe, a malária. De todos os casos de malária do mundo, 23% ocorrem na Nigéria, e mais de um terço de todas as mortes em Borno se deve à doença, mais do que qualquer outra causa.

Como a infraestrutura sanitária é escassa (41% dos estabelecimentos de saúde de Borno não funcionam mais), a prevenção de doenças como a malária é vital. Portanto, a Bayer se juntou à organização Nothing But Nets da Fundação das Nações Unidas e à MENTOR Initiative, fazendo uma contribuição material de produto para borrifação residual intradomiciliar (BRI) — Fludora® Fusion — para ajudar a proteger cerca de 400.000 pessoas, reduzindo a transmissão da malária em três campos de deslocados internos.

Os campos para deslocados internos oferecem pouca proteção contra os mosquitos portadores da malária.

Fludora® Fusion, que foi fornecido para uso em Borno, é o primeiro produto de BRI a associar dois princípios ativos com diferentes mecanismos de ação, proporcionando eficácia ideal contra mosquitos que são resistentes a outros inseticidas. O produto tem forte atividade residual por até um ano e, em 23 estudos em 16 países africanos, provou-se altamente eficaz contra 15 diferentes linhagens resistentes de mosquitos em 33 superfícies diferentes. No ano passado, o produto foi fornecido para proteger mais de 30 milhões de pessoas em mais de uma dúzia de países.

A campanha de borrifação residual intradomiciliar ocorrerá no Estado de Borno nos meses de abril e maio, antes do início da estação chuvosa, que é o pico da transmissão da malária. Nas próximas semanas e nos próximos meses, esperamos ver resultados positivos dessa parceria, que deverá fazer a diferença no front do combate à malária na Nigéria.

Aproximadamente 80% dos residentes dos campos para pessoas deslocadas internamente são mulheres e crianças — e uma em cada quatro destas tem menos de cinco anos, a faixa etária com maior probabilidade de morrer de malária.

A malária é uma doença prevenível e tratável. De acordo com o último Relatório Mundial da Malária publicado pela OMS, estima-se que 229 milhões de casos de malária tenham ocorrido em 2019. A doença ainda mata mais de 1.100 pessoas todos os dias — a maioria sendo crianças com menos de cinco anos de idade. Como 94% desses casos ocorrem na África, a doença continua impedindo o desenvolvimento econômico, principalmente nas comunidades rurais pobres de todo o continente.

Neste Dia Mundial da Luta Contra a Malária, a Bayer tem orgulho de trabalhar junto ao Nothing But Nets da Fundação das Nações Unidas, para que essa e outras parcerias ampliem a nossa voz por essa causa.


Bayer — Malária Zero