Pulverizador residual de superfície

A Pulverização Residual de Interiores (IRS) é a técnica de aplicar um depósito residual de um inseticida em superfícies internas, onde os vetores artrópodes descansam.

O principal objetivo da IRS é reduzir o tempo de vida dos vetores e, assim, reduzir ou interromper a transmissão da doença. O impacto secundário é reduzir a densidade dos vetores dentro da área de tratamento. A pulverização residual de interiores é um método de intervenção reconhecido, comprovado e de baixo custo para o controle da malária, sendo também comumente usado no tratamento da leishmaniose e da doença de Chagas.

 

Principais suposições dentro de um programa de IRS eficaz:

  • há um elevado número de superfícies pulverizáveis dentro de cada habitação
  • os vetores alvo se alimentam e descansam em ambiente fechado
  • os vetores são susceptíveis ao inseticida que está sendo aplicado
  • um grande número de habitações dentro da área-alvo pode ser pulverizado (normalmente é necessário no mínimo 80% de cobertura)

 

Outras considerações importantes dentro de uma campanha de IRS:

  • a segurança do operador, dos residentes domésticos e do meio ambiente
  • a eficácia residual do produto
  • custo-benefício (que também está relacionado com o tempo de vida residual)
  • o nível de aceitação do produto pelos moradores (por exemplo, devido ao odor ou à coloração

Saiba mais sobre Ficam 

Saiba mais sobre K-Othrine WG.

Pulverizador residual de superfície
Ver produtos